A Union Pacific Railroad – Parte 1

A Union Pacific Railroad é uma empresa ferroviária estadunidense, de transportes de carga que opera com aproximadamente 8.500 locomotivas, ao longo de mais de 50.000 km de vias, em 23 estados. É a maior malha ferroviária dos Estados Unidos, empregando 42.600 pessoas. Também considerada uma das maiores empresas do mundo, no setor de transportes.[1]

A Union Pacific Corporation, da qual a ferrovia faz parte está sediada em Omaha, Nebraska; cresceu adquirindo outras ferrovias, tais como Missouri Pacific Railroad, Chicago & North Western, Western Pacific Railroad, Missouri-Kansas-Texas Rairoad, e Southern Pacific Railroad (incluindo a Denver & Rio Grande Western Railroad).

Sua principal concorrente, BNSF Railway, a segunda maior ferrovia americana, atua no transporte de cargas a oeste do Rio Mississipi e juntas formam o maior conglomerado deste ramo na parte continental dos Estados Unidos.

História

Diretores da Union Pacific no 100º marco da ferrovia, cerca de 400 km a oeste de Omaha, Nebraska. O trem aguarda o fim da reunião de investidores, jornalistas e pessoas importantes, convidadas pelos executivos da empresa.
Originalmente, foi fundada em primeiro de julho de 1862, por um ato do Congresso Americano “Pacific Railroad Act of 1862”. Esse ato aprovado pelo Presidente Abraham Lincoln, previa a construção de ferrovias a partir do Rio Missouri em direção ao Oceano Pacífico como medida de guerra para a preservação da União. [2] Sua construção foi iniciada em Council Bluffs, Iowa, em direção ao oeste a fim se encontrar com as linhas construídas em direção a leste pela Central Pacific Railroad, que partira de San Francisco Bay, Califórnia.

A via foi construída, primeiramente, por trabalhadores irlandeses que haviam aprendido o ofício na, então recente, Guerra Civil Americana.[3] As duas vias seguiram sendo construídas até se unirem em Promontory Summit, Utah, distante 85 km a oeste de Ogden, em 10 de maio de 1869, criando assim, a primeira ferrovia transcontinental da América do Norte.[4] Sob as ordens de seu acionista majoritário, Dr. Thomas Clark Durant a cidade de Durant, Iowa, recebeu esse nome por ter sido o local onde os primeiros trilhos foram instalados.
The Last Spike, quadro de Thomas Hill, (1881)
A empresa esteve enredada no Crédit Mobilier scandal, divulgado em 1872: uma de suas empresas de construção, a Crédit Mobilier, havia subornado um congressista. Não foi comprovada a culpa da Union Pacific, porém a propaganda negativa foi inevitável. O Pânico de 1873 financial crisis of 1873 a levou a ter problemas financeiros, mas não à falência, sendo então reorganizada como Union Pacific Railway, em 24 de janeiro de 1880, tendo como acionista majoritário, Jay Gould.

A nova empresa faliu durante o Pânico de 1893 Panic of 1893, mas retornaria em 1897 com seu nome original Union Pacific Railroad.[5]

A sede corporativa da empresa estava localizada na cidade de New York, desde sua fundação, na década de 1860, até que foi mudada para Bethlehem, Pennsylvania, em meados dos anos 1980, quando Drew Lewis tornou-se presidente da empresa. Depois, mudou-se para Dallas no Texas e posteriormente, para Omaha, onde se juntou à sede operacional.[6]

Union Pacific Corporation

Union Pacific Center in Omaha, Nebraska

Locomotiva #7391 série AC6000CW
A Union Pacific Corporation é uma empresa de capital aberto, matriz de todas as suas subsidiárias, Incluindo a Union Pacific Railroad Company (a maior de todas) e a Southern Pacific Rail Corporation, que foi incorporada em Utah in 1969. Sua sede está localizada em Omaha, Nebraska. Lance M. Fritz é o atual presidente da empresa.


Union Pacific Railroad – Malha em 2008

Instalações

Páteo de Ogden, Utah
Devido a seu tamanho, a Union Pacific necessita de centenas de páteos para manobras diárias de formação e distribuição de suas composições, transportando mercadorias de um lugar a outro. E, para reduzir a emissão de poluentes, a empresa vem renovando sua frota com locomotivas de última geração, de forma a reduzir drasticamente gazes danosos ao meio ambiente.[7]

Em 2009, a empresa também investiu US$90 milhões num terminal intermodal, em San Antonio, Texas.[8][9]

Páteos de Inclinação Ativa
Hump yards funcionam utilizando uma leve rampa na via, pelas quais os vagões passam quando empurrados durante manobras de classificação, reduzindo sua velocidade e engatando automaticamente na composição desejada. Páteos com inclinação da Union Pacific:[10]

Bailey Yard in North Platte, Nebraska
Beaumont Yard in Beaumont, Texas
Davidson Yard in Fort Worth, Texas
Davis Yard in Roseville, California
Englewood Yard in Houston, Texas
Gateway Yard in East St Louis, Illinois, pertencente a subsidiária Alton and Southern Railway
Hinkle Yard in Hermiston, Oregon
Livonia Yard in Livonia, Louisiana
Neff Yard in Kansas City, Missouri
North Little Rock Yard in North Little Rock, Arkansas
Pine Bluff Yard in Pine Bluff, Arkansas
Proviso Yard in Northlake, Illinois, pertenceu a antiga Chicago and North Western Transportation Company
Strang Yard in La Porte, Texas
West Colton Yard in San Bernardino, California

Museu da Ferrovia Union Pacific

Museu da Union Pacific Railroad
O acervo de seu museu é um dos mais antigos de uma corporação americana. Inclui objetos, fotos e documentos que mostram o desenvolvimento da empresa pelo oeste americano. A realização dessa ferrovia transcontinental, ajudou a moldar a paisagem e a geografia, além de trazer milhares de imigrantes para o oeste dos Estados Unidos. Encontra-se na coleção armamento dos séculos 19 e 20, equipamentos peculiares dos imigrantes e mais de 500.000 fotografias.[11] Em 2009, o America’s Power Factuality Tour, esteve no museu para relatar o papel das ferrovias na geração de eletricidade nos Estados Unidos.[12]

Cores e Pinturas

Union Pacific #9214, uma GE Dash 8-40C, com pintura padrão de locomotivas Diesel em 10 de Maio de 1991.
O esquema básico de pintura das locomotivas Diesel-elétricas da Union Pacific é o mais antigo e ainda utilizado na maioria de suas locomotivas. Cerca de 2/3 dela é da cor “Armour Yellow” (amarelo), cujo nome é referente a cor utilizada pelos Frigoríficos Armour, uma grande empresa de alimentos. Uma estreita faixa da cor “Red Signal” (vermelha), separa o amarelo da cor “Harbor Mist Gray” (cinza), utilizada na capota. Do chassi para baixo, tudo é na cor cinza, também. Letras e números são em vermelho com estreito contorno em preto. Algumas locomotivas, (historicamente as de trens de passageiros e mais recentes, a partir do ano 2000) tem “asas” azuis em fundo em branco, com contornos azuis, na parte frontal da locomotiva. Desde o início de 2002, muitas unidades foram repintadas com uma grande e ondulada bandeira americana, com os dizeres “Building America”, nas laterais, onde “Union Pacific” eram normalmente posicionadas. Esse esquema de pintura ficou conhecido como “Building America”, “Wings” ou “Flags and Flares”.


Locomotiva GE AC4400CW #5645 em Battle Creek, Michigan, com esquema “Flags and Flares” de pintura
A cor amarela foi primeiramente utilizada nos trens-unidade aerodinâmicos M-10000[13], da Union Pacific, em 1934. Entretanto, a cor cinza ainda não era utilizada, mas a cor (Leaf Brown) marrom. Carros de passageiros, “cabooses” e outros veículos, também eram pintados no mesmo padrão.
Union Pacific #119 trafegando em La Salle, Colorado. 1930.
As locomotivas a vapor tinham esquemas de pinturas com características próprias. Até a metade dos anos 1940, todas eram pintadas seguindo esse padrão: a chaminé e a caixa de fumaça, abaixo dela, eram na cor grafite e o restante, preto. Números e letra eram na cor “alumínio”. No final dos anos 1940, muitas locomotivas que tracionavam trens de passageiros foram repintadas na cor cinza, em dois tons, para combinarem com o esquema de pintura dos carros que tracionavam. Havia uma estreita faixa amarela por toda extensão da locomotiva, separando os tons de cinza e numeração e letras, também eram em amarelo. Após 1952, todas as locomotiva a vapor foram repintadas no antigo padrão, preto e grafite. Os carros cinza receberam uma novo padrão de pintura, em amarelo.
Challenger com pintura para trens de passageiros.
Entre 2005 e 2006, a Union Pacific divulgou seis novas locomotivas EMD SD70ACe com pinturas comemorativas de ferrovias que havia adquirido, a partir de da década de 1980. A numeração utilizada para cada locomotiva era a mesmo que fora utilizada nas locomotivas das ferrovias homenageadas: #1982 para a SD 70ACe com pintura da Missouri Pacific Railroad[14], #1983 para a da Western Pacific Railroad[15], #1988 para a da Missouri-Kansas-Texas Railroad[16], #1989 para a da Denver and Rio Grande Western Railroad[17], #1995 para a da Chicago And North Western Railway[18] e #1996 para a da Southern Pacific Railroad[19]. Mesmo a D&RGW não tendo sido uma predecessora diretamente (havia sido comprada pela SP, antes), a Union Pacific a incluiu nas homenagens.[20]

A 31 de março de 2010, a empresa pintou uma locomotiva GE ES44AC em comemoração ao centenário dos escoteiros americanos. Boy Scouts of America.[21] Embora tenha mantido seu padrão “Armour Yellow”, essa unidade recebeu um grande logotipo da BSA 2010 nas laterais, e logotipo do escotismo nas laterais da cabine.

A 28 de setembro de 2010, a empresa pintou outra locomotiva GE ES44AC, em homenagem a Susan G. Komen for the Cure.[22] Manteve seu padrão “Armour Yellow”, mas inseriu uma grande faixa cor-de-rosa, símbolo do combate ao câncer de mama, nas laterais.

Em Breve, a 2º parte da Matéria será postada a continuidade sobre a Union Pacific Railroad

 

FONTE: https://pt.wikipedia.org/wiki/Union_Pacific_Railroad

DATA: 12/04/2017

One Comment

Leave A Comment

You must be logged in to post a comment.